o que fazemos

Regularização e adequação de poços artesianos

Regularização de Poços Artesianos

A regularização somente poderá ser feita após o agrupamento de algumas informações técnicas, consiste em reunir evidências para gerar relatórios técnicos, fotográficos, analises de água, preenchimento de formulários e anexos, recolhimento de taxas e ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) e logo após, protocolização junto aos órgãos competentes estaduais.

Adequação de Poços Artesianos

Consiste em adequar fisicamente conforme normas e equipar o poço conforme exigências dos órgãos competentes, pois nem sempre, os mesmos são construídos e equipados conforme normativas.

Licença de Perfuração

É necessário ser expedida uma licença específica, pelos órgãos competentes estaduais, para que torne possível a liberação na construção e perfuração de um poço.

Ortoga do Uso de Poços Artesianos

A Outorga de Direito de Uso de Recursos Hídricos é um documento expedido pelo órgão competente na sua região. Esse documento autoriza de fato a utilização do seu poço artesiano com o prazo de validade de cinco anos. Mas atenção, segundo o disposto na legislação, a renovação dessa autorização deve ser requerida antes de seu vencimento.

Cadastro de Poços Artesianos junto a Vigilância Sanitária

O cadastro de poços na vigilância sanitária faz parte da outorga e regularização do poço, onde junto ao processo deverá ser anexado um protocolo notificando peridiodicamente a qualidade da sua água. O serviço para atendimento a cadastro de poços na vigilância sanitária se baseia na entrega de laudos da água do poço, sendo elas mensais e semestrais. Dessa forma, o departamento de cadastro de poços na vigilância sanitária acompanha se a água que está sendo consumida através do poço artesiano não está infectada e nem fazendo mal a saúde de quem a utiliza.

Explicamos tudo para vocë!

Quer saber mais de como funciona a contratação e o projeto do seu novo poço artesiano?

Você pode pedir um orçamento bem rápido, vamos lá!